Guatemala intercepta sete imigrantes africanos que se dirigiam aos EUA

Guatemala, 6 mar (EFE).- Um grupo de sete imigrantes de origem africana que viajava de forma irregular rumo aos Estados Unidos foi interceptado neste domingo pelas autoridades na Guatemala.

Serge Aboalaye, de 29 anos; Diamono Thiain, de 33; Armando Camara, de 36 anos; Lombada Samba, de 27; Muadi Nkola, de 27; Lumbanka N'Djai, de 33, e Didier Kalou, de 28 anos, foram levados a um albergue de imigração, informou a Polícia Nacional Civil (PNC) em comunicado .

O território guatemalteco é atravessado todos os anos por milhares de imigrantes que buscam chegar à fronteira sul dos Estados Unidos para fixar residência nesse país.

Por este caso as autoridades não detiveram nenhum "coiote" ou traficante.

A legislação estabelece que quem cometa este crime para facilitar a permanência ou a passagem de imigrantes pela Guatemala, a fim de obter, direta ou indiretamente, um lucro econômico ou de ordem material, será punido com prisão de seis a oito anos.

Enquanto isso, a pessoa que facilitar de forma ilícita o trabalho a imigrantes ilegais e obtiver lucro econômicos será multado com até US$ 50 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos