Hillary e Sanders debatem em cidade afetada por água contaminada

Washington, 6 mar (EFE).- Os pré-candidatos democratas à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton e Bernie Sanders, travaram neste domingo um duro debate sobre pobreza e racismo na cidade de Flint (Michigan), onde foram descobertas altas doses de chumbo na água corrente que afetaram a saúde de muitos de seus habitantes.

As diferenças entre os candidatos em torno dos tratados comerciais internacionais também protagonizaram parte do debate, realizado dois dias antes das primárias democratas em Michigan, um estado-chave para ambos os pré-candidatos que foi afetado pelo fechamento de muitas fábricas e unidades do setor do automóvel.

"Estamos esta noite em Flint, Michigan, porque aqui está acontecendo uma horrível tragédia", afirmou o senador Sanders.

Hillary começou o debate pedindo a renúncia do governador de Michigan, o republicano Rick Snyder, por sua má gestão da crise em Flint, por não ter tratado a água devidamente e pela demora em agir perante a situação.

Sanders pediu há meses a renúncia de Snyder, mas Clinton não o tinha feito até este debate, quando sentenciou que "está chovendo chumbo em Flint, e o estado é negligente ao não dar-lhe os fundos de que necessita".

A água corrente de Flint foi contaminada depois que a cidade mudou de fornecedor para economizar, sem depurá-la de forma adequada, e suas propriedades corrosivas permitiram que vazassem grandes quantidades de chumbo dos velhos encanamentos pelas quais circulava.

A exposição a grandes doses de chumbo pode desencadear doenças nos rins e é especialmente nociva para as crianças, em quem pode provocar, entre outras coisas, problemas de comportamento e atrasos na aprendizagem.

Sanders lembrou o caso de uma menina de nove anos que está em educação especial por causa do efeito do chumbo, e afirmou que se cometeu "um crime contra essa menina e contra o povo de Flint".

Tanto Hillary como Sanders deixaram a porta aberta a apresentar acusações criminais contra os responsáveis pela crise se chegarem à Presidência dos EUA, e a ex-secretária de Estado se comprometeu a eliminar o chumbo não só da água, mas também da terra e da pintura de edifícios velhos do país em um prazo de cinco anos.

Ambos escutaram testemunhos de moradores como Mikki Wade, mãe de duas crianças que declarou que, inclusive quando os encanamentos forem substituídos, não sabe se "algum dia" voltará a ficar "tranquila bebendo a água" de sua cidade.

O debate foi sóbrio pelos temas, que incluíram pobreza, racismo e o tiroteio que deixou seis mortos em fevereiro em Kalamazoo (Michigan); mas também pela tensão entre os candidatos.

"Hillary apoiou cada um dos acordos comerciais impulsionados desde 1990", afirmou Sanders ao denunciar o prejuízo que, segundo sua opinião, esses pactos causaram à economia de Michigan.

"Eu fui contra desde os anos 90. Fui ao México e vi as vidas de gente trabalhando em companhias americanas e ganhando 25 centavos por hora (...) e entendi que não deveria se forçar os trabalhadores americanos a competir com eles", afirmou Sanders.

Enquanto isso, sua rival o criticou por ter votado contra o resgate da indústria do automóvel no final da década passada, ao assegurar que se todos tivessem votado como ele no Senado, esse setor "teria entrando em colapso".

Os pré-candidatos falaram também sobre o racismo no país, o abandono de muitas escolas públicas, o meio ambiente e sua opinião sobre o "fracking", que consiste em usar água pressurizada misturada com areia e químicos para romper as zonas rochosas do subsolo onde ficam armazenados petróleo e gás.

Hillary citou uma série de requisitos que teria que cumprir qualquer projeto de "fracking" durante sua presidência, enquanto Sanders foi mais direto e garantiu que não o apoia em absoluto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos