Morre autor de ataque em Sydney que deixou um morto e dois feridos

(Atualiza com a morte do agressor)

Sydney (Austrália), 7 mar (EFE).- A pessoa responsável nesta segunda-feira por um incidente com tiros ocorrido em uma loja do sudoeste de Sydney, que deixou um morto e dois feridos, se suicidou após o ataque, informaram fontes policiais.

"Acreditamos que ele morreu de ferimentos que ele mesmo causou", declarou à imprensa o inspetor de detetives Mark Brett, segundo a emissora australiana "ABC".

A polícia encontrou o corpo do agressor, de 33 anos, quando entrou no estabelecimento, onde além disso havia três pessoas escondidas.

A outra vítima mortal é um australiano de 43 anos e os feridos são dois homens que foram levados ao Hospital Liverpool, um com lesão no ombro e outro na perna.

As autoridades investigam o que levou a agressor a entrar armado no local comercial e começar a disparar, mas acreditam que o incidente não esteja vinculado com um ato terrorista islamita.

Em dezembro de 2014, o centro financeiro de Sydney foi palco de um atentado, quando um autoproclamado clérigo iraniano invadiu uma cafeteria e fez reféns, que terminou com a morte do agressor e dois funcionários após a intervenção policial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos