Exército paquistanês mata 21 insurgentes um dia após ataque suicida

Islamabad, 8 mar (EFE).- O exército do Paquistão matou 21 supostos insurgentes em sua ofensiva nas zonas tribais do noroeste do país, um dia depois de um ataque talibã suicida contra um tribunal deixar 16 mortos, informou uma fonte militar nesta terça-feira.

"21 terroristas mortos desde ontem à noite. A operação continua. Garantimos importantes pontos e passagens ao longo da fronteira entre Paquistão e Afeganistão", disse o diretor-geral do escritório de Relações Públicas do Exército (ISPR), Asim Bajwal, em sua conta no Twitter.

O militar indicou que tropas no terreno "continuam caçando" os terroristas com o apoio da aviação no vale de Shawal, onde o exército iniciou no final de fevereiro a última fase da operação que começou em junho de 2014 na região do Waziristão do Norte.

Bajwal publicou fotos de soldados em uma região de floresta se aproximando de um edifício que em outra imagem aparece envolvido em uma nuvem de fumaça.

A operação militar das últimas horas foi uma resposta à morte de 16 pessoas em um ataque suicida na entrada de um tribunal na cidade de Shabqadar, em um atentado reivindicado pelos talibãs como vingança pela execução de um islamita na semana passada.

O grupo Jamaat-ul-Ahrar (JuA), facção da principal organização talibã Tehrik-e-Taliban Pakistan, reivindicou o ataque e ameaçou realizar mais atentados contra tribunais e outras "instituições infiéis".

Cerca de 3.500 supostos insurgentes morreram desde o início da operação militar, segundo dados do exército, que não são verificáveis de forma independente por causa do bloqueio nas zonas tribais e a proibição do governo de publicar atividade de grupos insurgentes.

A ofensiva militar provocou o despejo de localidades inteiras, com o deslocamento de mais de 100 mil famílias, e a maioria ainda não voltou para suas casas.

A operação do exército debilitou o TTP e diminuiu o número de civis mortos em ataques insurgentes a 940 em 2015, o número mais baixo em oito anos, segundo o Portal de Terrorismo do Sul da Ásia. EFE

aa-jlr/cd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos