Atentado com carro-bomba na Somália deixa pelo menos cinco mortos

Mogadíscio, 9 mar (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram em um atentado com carro-bomba perpetrado diante de uma delegacia de polícia na capital da Somália, Mogadíscio, informaram nesta quarta-feira à Agência Efe fontes de segurança.

O atentado, que aconteceu durante a manhã, provocou a morte de três policiais e de dois civis que estavam na porta da delegacia, explicou à imprensa o delegado geral de Banadir, o general Ali Gab.

O motorista do veículo, que ficou gravemente ferido durante a explosão, foi detido pelas forças de segurança e se encontra no hospital, onde será interrogado uma vez que tenha sido tratado.

O grupo terrorista Al Shabab reivindicou o atentado, que ocorreu dias após os Estados Unidos matarem cerca de 150 milicianos em um ataque aéreo contra um campo de treinamento em Raso, a 195 quilômetros ao norte de Mogadíscio.

Os ataques contra edifícios governamentais e centros de lazer têm como alvo danar a imagem do governo e aumentar as críticas da população local, que veem como as forças de segurança são incapazes de acabar com o grupo islamita.

No final de fevereiro, outro atentado com carro-bomba contra um hotel da capital somali deixou pelo menos 12 mortos e uma dezena de feridos.

Al Shabab, que aderiu formalmente à Al Qaeda em 2012, luta contra o Exército somali e as forças da Missão da União Africana (AMISOM) para instaurar um Estado islâmico na Somália e controla grandes extensões de território no sul do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos