Justiça condena 5 dos autores do maior roubo da história da Inglaterra

Londres, 9 mar (EFE).- Cinco dos autores do roubo ao depósito de joias de Hatton Garden, considerado o maior da história da Inglaterra, foram condenados nesta quarta-feira a entre seis e sete anos de prisão por um tribunal do sul de Londres.

Os condenados, que tem entre 59 e 75 anos, assaltaram o depósito de segurança, no centro de Londres, durante a semana santa de 2015 e levaram 14 milhões de libras (R$ 74 milhões).

Um sexto envolvido, de 48 anos, foi sentenciado a 21 meses de prisão, mas ficará em liberdade condicional por ter tido participação menor no roubo em que foram levados ouro, diamantes, safiras e outras pedras preciosas.

Em janeiro, outros três homens que participaram de um dos maiores roubos da história do Reino Unido também foram condenados.

Os sete homens, mais um oitavo que não chegou a ser identificado, utilizaram ferramentas pesadas para furar a grossa parede do cofre e levar as joias.

Os quatro condenados hoje, como disse a promotoria em janeiro, foram considerados responsáveis por organizar o crime.

"Apesar de sua avançada idade, mostraram enorme experiência em planejar e executar sofisticados crimes semelhantes a este", afirma a sentença.

O líder do grupo, Brian Reader, de 77 anos, sofreu um derrame cerebral enquanto estava na prisão e não assistiu ao julgamento hoje, e por isso será sentenciado em uma audiência futura.

Mais de 9 milhões de libras do material roubado em Hatton Garden não foram recuperadas, o que faz os advogados dos sete homens avaliarem a possibilidade de no futuro haver novos processos contra eles.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos