Biden chega à Jordânia para tratar luta antiterrorista com Abdullah II

Amã, 10 mar (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e sua esposa Jill chegaram nesta quinta-feira a Amã para se reunir com o rei jordaniano, Abdullah II, no marco de uma viagem pelo Oriente Médio.

Biden tratará com o monarca jordaniano no palácio Huseiniya a luta contra o terrorismo e o conflito sírio, informou a Casa Real em comunicado.

Está previsto que Biden visite durante sua estadia na Jordânia uma escola na zona de Mafraq e o campo de refugiados sírios de Zaatari, no norte do país.

A Jordânia é membro da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos que bombardeia posições do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria e Iraque.

O vice-presidente viajou para Jordânia após abordar ontem com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, o modo de impulsionar o estagnado processo de paz.

Biden condenou ontem em Jerusalém os recentes ataques de palestinos contra israelenses, assim como a falta de penas por parte da liderança palestino ao respeito.

Antes da Palestina e Israel, Biden visitou Abu Dhabi e Dubai, onde analisou com os responsáveis locais os esforços desdobrados para combater o EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos