Operação antinarcóticos detém 10 funcionários da Avianca na Colômbia

Bogotá, 10 mar (EFE).- As autoridades da Colômbia detiveram nesta quinta-feira em Bogotá dez pessoas vinculadas com a companhia aérea Avianca durante uma operação internacional contra o narcotráfico e o tráfico ilegal de divisas, informou a empresa em comunicado.

A companhia aérea explicou que os dez detidos pela Operação Pássaro Azul ficaram à disposição das autoridades correspondentes, mas não acrescentou mais detalhes.

O presidente encarregado da Avianca, Álvaro Jaramillo Buitrago, disse que a operação é o resultado de um trabalho empreendido há anos pela empresa e as autoridades colombianas e de outros países para combater a utilização da companhia no tráfico ilegal de divisas, narcóticos e outras substâncias.

"A operação realizada nesta quinta-feira faz parte das iniciativas conjuntas encaminhadas a aumentar os níveis de segurança na mobilização de pessoas e mercadorias através da companhia aérea", acrescentou Buitrago.

A Avianca atende de forma direta 98 destinos em 26 países da América e da Europa com uma frota de 181 aeronaves de curto, médio e longo alcance, e, por meio de sua associação com a Star Alliance, oferece conexão a mais de 1.200 destinos em 195 nações dos cinco continentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos