Campanha de Rubio pede votos para Kasich em Ohio para frear Trump

(Atualiza com declarações de Rubio e reações de outros candidatos).

Washington, 11 mar (EFE).- A equipe de campanha do pré-candidato à presidência dos Estados Unidos Marco Rubio pediu nesta sexta-feira aos republicanos de Ohio que votem em seu governador, John Kasich, nas primárias da próxima terça-feira, por ser o único que tem chances reais de frear Donald Trump nesse estado.

"Se você é um eleitor republicano nas primárias de Ohio e não quer que Donald Trump seja o indicado, John Kasich é sua melhor aposta", disse o diretor de Comunicações da campanha de Rubio, Alex Conant, em mensagem emitida pela emissora "CNN".

Do mesmo modo, argumentou, os republicanos que queiram evitar que o multimilionário ganhe na Flórida devem votar em Marco Rubio, "o único com uma chance matemática" de vencê-lo.

Perguntado por estes comentários em entrevista coletiva posterior, Rubio reconheceu que "claramente" Kasich tem mais possibilidades de ganhar em Ohio que ele.

"Se os eleitores de Ohio concluírem que a melhor maneira de conter Trump é votar em Kasich, suponho que essa é a decisão que tomarão", declarou o senador aos jornalistas em West Palm Beach (Flórida).

Quando insistiram em questionar se ele está pedindo a seus eleitores que votem no governador em Ohio, Rubio se limitou a dizer: "Deixo a John para que seja ele quem faça essa argumentação".

A campanha de Kasich, por sua vez, não devolveu o favor à de Rubio. Um de seus porta-vozes, Trent Duffy, se recusou a pedir na Flórida o apoio ao senador porque os eleitores "não gostam que lhes digam o que têm que fazer" e "o governador é o melhor para qualquer estado".

A ideia da campanha de Rubio provocou a reação de outro de seus rivais, o senador Ted Cruz, que considerou esse movimento como "o último suspiro do 'establishment' de Washington".

Tanto Rubio como Kasich apostam sua continuidade na corrida pela Casa Branca nas primárias da próxima terça-feira, nas quais seus estados garantem ao vencedor 99 e 66 delegados, respectivamente, sem a divisão proporcional habitual nas votações anteriores.

Segundo as pesquisas, Kasich tem mais possibilidades de vencer Trump em Ohio que Rubio na Flórida.

O magnata aparece com uma vantagem média de 2,5 pontos percentuais e algumas pesquisas apontam o governador como vencedor, segundo as estatísticas da Real Clear Politics.

Na Flórida, todas as pesquisas efetuadas até o momento indicam a vitória de Trump, com uma média de 14,7 pontos percentuais de vantagem sobre Rubio, que assegura estar diminuindo a distância a apenas um dígito, como mostrou uma pesquisa recente.

O Super PAC (grupo de ação política) Conservative Solutions, que apoia Rubio, pagou mais de US$ 1 milhão em anúncios televisivos e de internet contra Kasich na Flórida para conseguir que o cerca de 8% de apoio que tem no estado ajude o senador a vencer Trump.

Os que não querem que Trump seja o indicado republicano estão conscientes que duas derrotas na Flórida e em Ohio seriam fundamentais para frear seu caminho à indicação, que agora lidera com 459 delegados, frente aos 360 de Ted Cruz, 152 de Rubio e 54 de Kasich.

A outra face da moeda é que, se Rubio e Kasich vencerem em seus estados, continuarão na corrida pela Casa Branca e Trump seguirá se beneficiando do fato de que o voto contra ele se divide entre três.

Cruz, por sua vez, convocou o partido a se unir em torno dele para conter Trump, mas esse passo é improvável para o aparelho republicano já que o senador pelo Texas construiu sua carreira política criticando o "establishment" e no embalo do movimento ultraconservador Tea Party.

Um cenário cogitado para frear Trump é evitar que consiga os 1.237 delegados para assegurar a indicação republicana com o voto popular para os pleitos presidenciais de 8 de novembro e escolher o indicado em uma Convenção Nacional disputada, na qual poderia ser eleito inclusive um candidato que não tenha participado das primárias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos