Há mais de 35 anos no poder, presidente angolano anuncia que sairá em 2018

Nairóbi, 11 mar (EFE).- O presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, anunciou nesta sexta-feira em Luanda que deixará "a atividade política ativa" em 2018, quando terá completado 39 anos no poder, segundo a agência "Angola Press" (Angop).

O presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) fez o anúncio durante a inauguração da 11ª reunião do Comitê Central do partido governante, que realizará seu próximo congresso ordinário em agosto.

Santos, que não revelou as razões pelas quais deixará a primeira linha política, pediu uma luta firme contra a má gestão e uma mobilização para alcançar os objetivos de seu Executivo.

O líder angolano também fez uma chamada aos angolanos e aos empresários em particular para participarem da produção de bens para o consumo interno e a exportação.

Santos, de 73 anos, governa Angola desde 1979 ao comando do MPLA e foi amplamente criticado pelos abusos dos direitos humanos cometidos sobre ativistas e opositores políticos.

Angola é o segundo maior produtor de petróleo da África, mas a metade da população vive com menos de 2 euros por dia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos