Obiang anuncia realização de eleições em 24 de abril

Redação Central, 11 mar (EFE).- O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, assinou nesta sexta-feira o decreto de convocação de eleições presidenciais para 24 de abril, informaram nesta sexta-feira à Agência Efe fontes oficiais na capital do país, Malabo.

O decreto assinado por Obiang, de 73 anos, será lido nas emissoras de rádio e televisão estatais após ser aprovado no Conselho de Ministros realizado no Palácio do Povo.

Estas serão as quartas eleições pluripartidárias que Obiang, no poder desde agosto de 1979, convoca nesta antiga colônia espanhola na África Central. Além disso, são as primeiras que o chefe de Estado guineano marca depois da reforma da Lei Fundamental (Constituição) aprovada no referendo de novembro de 2011 e pela qual o mandato presidencial está limitado a sete anos, renovável apenas uma vez.

Mas a nova Constituição permite que Obiang concorra à reeleição. Caso vença, seu mandato terminaria em 2023, quando terá 81 anos, 44 deles no poder.

Obiang, que em agosto do ano passado completou 36 anos como governante, é quem há mais tempo está no poder em um país da África.

Guiné Equatorial atravessa sua pior crise econômica em três anos como consequência do baixo preço de petróleo, cujas consequências foram o fechamento de várias empresas de construção que operavam no país, causando a demissão de mais de 3 mil trabalhadores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos