Marrocos terá protesto contra Ban Ki-moon neste domingo

Rabat, 12 mar (EFE).- Partidos políticos, sindicatos e organizações da sociedade civil do Marrocos convocaram para este domingo um protesto na capital Rabat contra o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e suas recentes declarações sobre o Saara Ocidental.

A manifestação, que está prevista para as 10h (hora local; 7h de Brasília), "terá grande adesão", segundo a agência oficial marroquina "MAP", que explicou que o objetivo é "reafirmar o consenso nacional sobre a integridade territorial do Marrocos", em referência à soberania marroquina sobre o Saara.

O governo marroquino divulgou na última terça-feira um comunicado contra Ban Ki-moon por suas declarações no fim de semana passado, durante uma viagem por Argel e Tinduf, de que o Saara estava "ocupado" pelo Marrocos.

Para o governo, essas palavras "constituem um insulto ao governo e ao povo marroquinos", e significam que Ban "violou os compromissos e garantias dados ao Marrocos" e "cedeu à chantagem de outras partes".

Dentro deste espírito de "mobilização nacional", o parlamento foi convocado hoje em uma sessão plenária extraordinária para estudar os passos a serem tomados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos