Bombardeios turcos contra PKK causam destruição, mas não vítimas no Iraque

Mossul (Iraque), 14 mar (EFE).- O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) afirmou que os bombardeios da aviação da Turquia nesta segunda-feira contra suas posições no norte do Iraque causaram danos em propriedades privadas de civis, mas não vítimas em suas fileiras.

O membro do Escritório de Relações Exteriores do PKK, Dalil Mamid, disse à Agência Efe por telefone que os aviões de combate turcos bombardearam acampamentos e posições da organização nos montes Kandil e em outras áreas localizadas ao norte de Erbil, capital da região autônoma curda iraquiana.

Os ataques, que começaram na madrugada e ainda continuam, causaram até agora danos em oito imóveis civis, e em fazendas e plantações, segundo Mamid, que ressaltou que nenhum membro do PKK ficou ferido nos bombardeios.

O responsável do distrito de Warti, da província curda de Sulaimaniya, Saman Mohammed, contou à Efe que a aldeia Liuna, localizada na base dos montes Kandil, ficou sem energia elétrica.

A serra de Kandil, localizada em um triângulo na fronteira entre Iraque, Turquia e Irã, é o principal reduto do PKK e alvo habitual dos ataques aéreos turcos.

Já o exército turco informou em comunicado que 11 de seus aviões atacaram e eliminaram 18 posições da guerrilha curda entre 1h20 e 3h30 de hoje (10h20 de domingo e 0h30 em Brasília) de hoje.

"Foi realizada uma operação aérea contra alvos (depósitos de munição, refúgios e bunkers) descobertos nas regiões de Kandil e Gara, empregando 9 caças F-16 e 2 caças F-4 2020", segundo a nota.

Estes bombardeios aconteceram poucas horas depois do atentado com carro-bomba contra uma estação de ônibus em pleno centro de Ancara, que deixaram 37 mortos e mais de 120 feridos. As autoridades turcas responsabilizam o PKK pelo ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos