Papa Francisco classifica de "atroz ato de violência" o atentado de Ancara

Cidade do Vaticano, 14 mar (EFE).- O papa Francisco qualificou de "atroz ato de violência" o atentado com carro-bomba perpetrado no domingo em Ancara, no qual morreram 37 pessoas e mais de 120 ficaram feridas, informou nesta segunda-feira a Santa Sé.

O papa Francisco transmitiu suas condolências ao povo turco em mensagem enviada ao presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, assinada como é habitual pelo secretário de Estado vaticano, o cardeal Pietro Parolin.

Na carta, Fracnsico se diz "profundamente triste" pelas "injustas e trágicas perdas humanas causadas pelas bombas" no ataque terrorista cometido ontem, o terceiro em massa no centro da capital turca no último meio ano.

Na mensagem, o papa assegura ao povo turco "sua proximidade espiritual e sua solidariedade" e afirma que reza tanto "pelo eterno descanso" das vítimas e de seus familiares, como "pela recuperação dos afetados por este atroz ato de violência".

Finalmente, Francisco reconhece "o generoso serviço" prestado pelas forças de segurança e emergência do país e "invoca bençãos divinas de paz, cura e força sobre a nação".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos