Exército iraquiano rejeita múltiplo ataque suicida do EI em Ninawa

Mossul (Iraque), 15 mar (EFE).- O Exército iraquiano rejeitou nesta terça-feira um ataque múltiplo, com seis suicidas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) envolvidos, na província setentrional de Ninawa, informaram à Agência Efe fontes militares.

O comandante das Operações para a libertação de Ninawa, general Nayem al Jabouri, explicou que os seis terroristas levavam cinturões explosivos encostados ao corpo.

Os suicidas fracassaram em sua tentativa de invadir a sede da XV Brigada de Infantaria, que está destacada no distrito de Majmur, cerca de 70 quilômetros ao sul de Mossul, capital de Ninawa.

Os "magauir" (unidades especiais) das Operações de Ninawa, mataram os seis agressores antes de alcançar seu alvo, afirmou Al Jabouri, que acrescentou que nenhum membro das forças iraquianas ficou ferido ou morto.

Em 8 de fevereiro, uma missão avançada do Exército iraquiano se desdobrou em Majmur no marco dos preparativos para expulsar de Mossul aos jihadistas.

O EI ocupou Mossul e amplas zonas do norte do Iraque em junho de 2014, quando proclamou um califado nos territórios sob seu controle nesse país e na vizinha Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos