Centenas de pessoas protestam em São Paulo contra nomeação de Lula

São Paulo, 16 mar (EFE).- Centenas de pessoas se manifestaram nesta quarta-feira em São Paulo contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil.

A concentração, convocada por alguns grupos que organizaram maciços protestos no domingo, começou no final da tarde na Avenida Paulista.

Os manifestantes, carregados com cartazes e bandeiras do Brasil, criticaram a incorporação de Lula ao Gabinete de Dilma, uma manobra que o blinda perante a Justiça, já que é investigado por enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos.

Como ministro, as causas contra o ex-mandatário só podem ser tramitadas pelo Supremo Tribunal Federal, o que poderia dilatar os processos.

O protesto se inflamou depois que a Justiça divulgou uma gravação de uma conversa telefônica entre Dilma e Lula, através de um grampo da Polícia Federal, que sugere que a presidente interveio para tentar evitar uma possível detenção de seu antecessor.

De acordo com o áudio, Dilma diz a Lula que enviou um documento com sua nomeação como ministro para que este o utilize "em caso de necessidade".

Após conhecer a gravação e em um ato paralelo ao da capital paulista, centenas de pessoas se concentraram em Brasília contra o Palácio do Planalto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos