UE destinará 20 milhões de euros para leste da Ucrânia

Bruxelas, 16 mar (EFE).- A União Europeia (UE) aumentou sua assistência humanitária para os afetados pelo conflito no leste da Ucrânia, com um novo pacote de ajuda de 20 milhões de euros, informou nesta quarta-feira a Comissão Europeia (CE).

O comissário europeu de Ajuda Humanitária e Gestão de Crise, Christos Stylianides, que estará na Ucrânia até sexta-feira, afirmou em comunicado divulgado em Bruxelas que a UE "permanece comprometida em ajudar os ucranianos".

"A Ucrânia deve permanecer no topo da nossa agenda", afirmou, explicando que a ajuda humanitária dará um impulso à assistência já em andamento e alcançará os "mais vulneráveis tanto nas áreas controladas pelo governo quanto as outras" dos rebeldes.

Stylianides indicou que, apesar da diminuição das violações do cessar-fogo, o impacto da violência na população civil "continua sendo uma preocupação humanitária".

"É essencial que a ajuda humanitária chegue a todas as pessoas vulneráveis afetadas pelo conflito e que aconteça de maneira rápida, segura e imparcial", afirmou o comissário.

Segundo dados da Comissão Europeia (CE), aproximadamente, 3,1 milhões de pessoas ainda necessitam de assistência humanitária na Ucrânia e nos países vizinhos. Ao todo, 55% da assistência da UE serão destinados a pessoas necessitadas em áreas não controladas pelo governo de Kiev.

O novo financiamento eleva a assistência humanitária total fornecida pela UE através da CE a 63 milhões de euros, aos que se somam as ajudas bilaterais de uma série de países-membros. Assim, no total, a UE destinou mais de 146 milhões de euros a ajudar os mais atingidos pelo conflito desde o começo de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos