Companhia chinesa comercializa vaso sanitário "Trump"

Pequim, 17 mar (EFE).- Uma companhia do sul da China chamou nesta quinta-feira a atenção do jornal oficial "Global Times" ao comercializar um vaso sanitário chamado "Trump" entre seus luxuosos produtos para banheiros, que a publicação associou em tom jocoso com o pré-candidato republicano dos EUA.

"Se Donald Trump não ganhar um lugar na Casa Branca, sempre haverá um trono esperando por ele na China com seu nome", afirma hoje o artigo do "Global Times", propriedade do "Jornal do Povo", porta-voz oficial do Partido Comunista da China (PCCh).

O sanitário, projetado com tecnologia inteligente, não é o único com a marca "Trump" da companhia Shenzhen Trump Industries, que também fabrica desde 2002 outras mobílias de luxo para spas, hotéis e instituições públicas.

O "Global Times" esclareceu que a empresa de Shenzhen não tem relação com o agora político americano de sobrenome homônimo, e além disso indica que não é a primeira companhia da China que vende produtos sob esse nome.

Desde os nos 90, a Trump Electronics, com sede na província oriental de Anhui, fabrica purificadores de ar com esse rótulo, embora sua produção passou despercebida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos