Milhares de manifestantes marcham em São Paulo em defesa do governo

São Paulo, 18 mar (EFE).- Milhares de manifestantes marcharam nesta sexta-feira em São Paulo para expressar seu apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja presença é esperada no final do ato.

A manifestação reuniu milhares de pessoas na Avenida Paulista, que nos últimos dias foi o ponto de encontro de milhares de pessoas que pedem o impeachment de Dilma.

Pouco depois do começo da manifestação ocorreu um pequeno enfrentamento entre simpatizantes e opositores do governo, o que provocou a intervenção da polícia, que utilizou gás pimenta para dispersar a confusão.

Os atos foram convocados por centrais sindicais e movimentos sociais nos 27 estados brasileiros, mas até o momento apenas 17 delas haviam iniciado.

As manifestações em favor do governo foram uma resposta aos grandes protestos que no domingo reuniram cerca de 3,6 milhões de pessoas contra Dilma e Lula, e em rejeição à corrupção.

Em São Paulo, os organizadores informaram que hoje cerca de 80.000 pessoas estavam concentradas pouco depois do começo da passeata na Avenida Paulista, mas é esperada a chegada de entre 150.000 e 200.000 pessoas, frente ao 1,4 milhão do domingo passado.

A Polícia Militar ainda não divulgou dados sobre a manifestação dessa sexta-feira.

Além do apoio explícito a Lula e Dilma, os manifestantes expressaram sua rejeição ao presidente Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, investigado por corrupção, e também clamaram contra o processo de impeachment aos gritos de "Não vai ter golpe!".

Os manifestantes ainda esperam a chegada de Lula, que na quinta-feira tomou posse como ministro da Casa Civil é investigado por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

A segurança foi reforçada na manifestação de São Paulo perante o temor que ocorram enfrentamentos entre opositores e simpatizantes do governo, como aconteceu nos últimos dias de maneira isolada.

A polícia dispersou na primeira hora de hoje com jatos de água os manifestantes contrários ao governo que estavam concentrados na Avenida Paulista e que tinham bloqueado a via durante toda a noite. EFE

ass-ag/rsd

(foto)(vídeo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos