Procuradoria belga confirma detenção de outras 4 pessoas além de Abdeslam

Bruxelas, 18 mar (EFE).- A procuradoria federal da Bélgica confirmou nesta sexta-feira a detenção de outras quatro pessoas além do suposto cérebro dos atentados de Paris, Salah Abdeslam, que teve que ser transferido ao hospital após sofrer um ferimento leve em uma perna.

O porta-voz da procuradoria belga, Thierry Werts, afirmou em entrevista coletiva que os cinco detidos são Abdeslam, um cúmplice - que também ficou ferido e foi levado a um hospital - e três membros da família que acolhia o suposto responsável pela logística dos atentados de 13 de novembro do ano passado na capital francesa.

Os dois primeiros se encontram detidos com acusações, enquanto os membros da família estão à espera que um juiz decida se são postos sob mandato de detenção.

A procuradoria explicou que hoje foram realizadas três operações nos distritos de Molenbeek, Saint-Jean e Jette que se saldaram com as detenções.

Por sua parte, a polícia científica continua com as tarefas de investigação.

Abdeslam e seu cúmplice foram interceptados no mesmo lugar no distrito de Molenbeek.

A ação ocorreu depois de a perícia encontrar as impressões digitais de Abdeslam no imóvel que foi alvo de uma operação na última terça-feira no distrito de Forest, também em Bruxelas.

Na ocasião, um suspeito de terrorismo foi morto e quatro policias ficaram levemente feridos.Nessa casa também foram encontrados um passaporte sírio falso e uma carteira de identidade belga com o nome do cúmplice de Abdeslam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos