EUA confirmam a morte de 2 americanos no atentado de Istambul

Washington, 19 mar (EFE).- Os Estados Unidos confirmaram a morte de dois de seus cidadãos no atentado suicida deste sábado em Istambul (Turquia) que matou, ao todo, quatro pessoas, além do criminoso, e deixou 46 feridos.

Em comunicado, o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional (NSC) americano, Ned Price, informou sobre as mortes neste "atroz" ataque, mas não deu mais informação sobre as vítimas nem indicou se há americanos entre os feridos. Price reiterou em sua nota a condenação emitida pelo Departamento de Estado algumas horas antes, que emoldurou o atentado "em uma série de violência indefensável" contra turcos e estrangeiros.

Através de um texto, o Departamento de Estado expressou sua solidariedade à Turquia na luta contra a "ameaça comum" do terrorismo e condenou "energicamente" o atentado de hoje na movimentada Rua Istiklal, no centro de Istambul.

"Estes atos de terrorismo só reforçam nossa determinação em apoiar todos aqueles que trabalham na região para promover a paz e a reconciliação", sustentou o Departamento de Estado em sua nota.

A ação ainda não foi reivindicada, nem há dados oficiais sobre vínculos políticos do responsável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos