Salah Abdeslam e outro detido em operação antiterrorista deixam hospital

Bruxelas, 19 mar (EFE).- O suspeito mais procurado da Europa por participação nos atentados terroristas de Paris, o francês Salah Abdeslam, e outro homem detido na operação policial antiterrorista de sexta-feira em Bruxelas, Amine Choukri, tiveram alta e deixaram o hospital neste sábado, depois que receberam tratamento pelos ferimentos sofridos durante a ação das forças de segurança.

O anúncio de sua saída do hospital de Saint-Pierre foi feito pelo prefeito da cidade de Bruxelas, Yvan Mayeur, em sua conta no Twitter, onde também agradeceu ao pessoal do centro médico e às forças policiais.

Os dois deixaram o hospital às 8h locais, segundo precisou um porta-voz do centro médico.

Abdeslam e Monir Ahmed Alaaj, conhecido como Amine Choukri, foram detidos na tarde de sexta-feira durante uma operação antiterrorista no bairro bruxelense de Molenbeek.

O homem mais procurado da Europa após os atentados de Paris ficou levemente ferido em uma perna, enquanto Choukri também sofreu ferimentos leves, mas as autoridades não deram mais detalhes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos