Soldado americano morre em ataque do EI no Iraque, segundo imprensa

Washington, 19 mar (EFE).- Um soldado americano morreu em um ataque com míssil do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no Iraque, conforme anteciparam neste sábado fontes do Pentágono a veículos de comunicação nacionais.

O fato aconteceu quando um míssil do EI caiu perto da posição do soldado, na cidade de Makhmur. Em comunicado, a coalizão internacional anunciou hoje que um de seus soldados morreu por uma "ação inimiga", sem especificar sua nacionalidade ou dar detalhes.

Esta é a segunda morte de um militar americano na luta contra o EI desde o começo da ofensiva em 8 de agosto de 2014. Em outubro do ano passado, o sargento Joshua Wheeler foi assassinado durante um resgate de reféns no Iraque.

Os Estados Unidos contam com mais de 3 mil militares no Iraque, que treinaram 17.500 soldados iraquianos e 2 mil policiais, segundo os números oficiais mais recentes.

Um ano e meio depois do começo da ofensiva, o EI perdeu 40% de territórios e os EUA lançaram 10 mil ataques aéreos contra o grupo terrorista, dois terços deles no Iraque e o restante na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos