Autor do atentado de Istambul tinha vínculos com grupo terrorista EI

Istambul, 20 mar (EFE).- O autor do atentado suicida de Istambul, que no sábado deixou 5 mortos e 30 feridos, tinha vínculos com o grupo terrorista Estado Islâmico, confirmou neste domingo o ministro turco do Interior, Efkan Ala.

O ministro confirmou que o autor do atentado era Mehmet Öztürk, um jovem nascido em 1992 na cidade de Gaziantep, no sudeste da Turquia.

Öztürk mantinha vínculos com as redes jihadistas do Estado Islâmico (EI) na Turquia, afirmou o ministro, acrescentando que ainda estãi investigando se tinha laços com outros grupos.

O autor não tinha antecedentes policiais e nem estava em busca e captura, esclareceu Efkan em um comparecimento perante os veículos de imprensa.

Até o momento, cinco pessoas foram detidas em relação com o atentado, acrescentou o ministro.

Horas antes, vários veículos de imprensa turcos tinham antecipado que exames de DNA permitiram estabelecer a identidade de Mehmet Öztürk, cujo pai vive em Gaziantep, descartando assim outra pista que vários meios de comunicação filtraram ontem.

Öztürk detonou os explosivos às 8h55 do sábado (5h55 em Brasília) na cêntrica rua Istiklal de Istambul, junto a um grupo de turistas israelenses.

Entre os cinco mortos estão, além do próprio autor, três israelenses e um cidadão iraniano, enquanto também entre os mais de 30 feridos há 11 israelenses.

O antecedente mais próximo é o atentado suicida cometido por um membro do Estado Islâmico em 12 de janeiro passado em Istambul, no qual morreram dez turistas alemães.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos