Ulisses Correia e Silva será próximo primeiro-ministro de Cabo Verde

Redação Central, 20 mar (EFE).- O partido opositor Movimento para a Democracia (MPD) venceu as eleições legislativas deste domingo em Cabo Verde e seu líder, Ulisses Correia e Silva, será o novo primeiro-ministro do país, segundo os resultados provisórios divulgados pela imprensa local.

O MPD, na oposição desde 2001, obteve maioria absoluta nos pleitos realizados hoje, razão pela qual Correia, de 54 anos e o terceiro chefe de governo cabo-verdiano desde a independência do país, poderá governar nos próximos cinco anos sem dificuldade.

O Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV), no poder durante os últimos 15 anos, já reconheceu sua derrota.

Segundo os dados oficiais, foi registrada uma abstenção de 32,8%.

O próximo primeiro-ministro de Cabo Verde nasceu em 4 de junho de 1962, na cidade de Praia, se graduou em Organização e Gestão do Instituto de Economia da Universidade Técnica de Lisboa em 1988, se dedicou ao ensino na Universidade Jean Piaget e foi diretor de Departamento de Administração do Banco de Cabo Verde, segundo a imprensa de seu país.

Além disso, foi secretário de Estado de Fazenda entre 1995 e 1998, e ministro da Fazenda entre 1999 e 2000.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos