Brasil condena "covardes atentados terroristas" em Bruxelas

Em São Paulo

O governo brasileiro manifestou nesta terça-feira sua "consternação", e condenou "nos mais fortes termos os covardes atentados terroristas" nesta terça-feira em Bruxelas, que deixaram pelo menos 34 mortos e 200 feridos.

O Itamaraty expressou em comunicado sua "inexorável convicção de que todo ato terrorista merece o repúdio unânime da comunidade internacional, quaisquer que sejam suas motivações e sua origem", e transferiu sua solidariedade às famílias das vítimas e ao povo e ao governo belga.

O Ministério de Relações Exteriores também informou que reforçou a atuação do consulado brasileiro em Bruxelas para os que necessitarem de informação sobre familiares ou amigos.

Os atentados ocorreram no aeroporto de Zaventem, onde houve duas explosões, e na estação de metrô de Maalbeek, no bairro onde fica a maior parte das sedes das instituições europeias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos