Dezenas de mortos e vários feridos em explosões no aeroporto de Bruxelas

Bruxelas, 22 mar (EFE).- Dezenas de pessoa morreram e várias outras ficaram feridas por causa de pelo menos duas explosões que aconteceram nesta terça-feira no aeroporto internacional de Zaventem, em Bruxelas, na Bélgica, que foi fechado, informou o jornal belga "HLN" em seu site.

Pouco depois deste incidente, outra explosão deixou vários mortos e feridos na estação de metrô de Malbeek, no bairro da cidade que abriga as instituições da União Europeia, segundo informaram à Agência Efe algumas testemunhas, que disseram ter visto pessoas feridas.

A Bélgica elevou ao máximo o nível de alerta para o risco de atentado terrorista após as explosões, segundo revelou o porta-voz do Ministério do Interior do país, Jan Jambon.

Fontes da belgocontrol, a agência que regula a navegação aérea civil na Bélgica e em Luxemburgo, informaram que o aeroporto de Zaventem foi fechado e que a maior parte dos voos foram desviados para outros terminais da região.

Além disso, o tráfego ferroviário que liga as instalações aeroportuárias com outras áreas de Bruxelas foi interrompido.

Veículos da imprensa belga reportaram que as explosões ocorreram por volta das 8h15 locais (4h15 de Brasília), perto dos balcões de 'check-in' no terminal de embarque do aeroporto internacional.

Segundo o jornal "Le Soir", o porta-voz do ministro do Interior afirmou que a prioridade neste momento "são as vítimas e a segurança" na região.

As autoridades pediram à população que não se desloquem à região aeroportuária da capital europeia.

A agência de notícias "Belga" informou que foram ouvidos vários disparos antes das detonações e gritos em árabe.

Imagens de diferentes veículos de imprensa e outras difundidas através das redes sociais mostram uma densa fumaça saindo de um dos terminais do aeroporto e a correria dos passageiros para fora do terminal com suas malas e outros utensílios.

Alguns veículos de comunicação também relataram que as explosões aconteceram perto dos guichês de 'check-in' da companhia americana American Airlines, onde havia dezenas de pessoas.

Outras gravações feitas por alguns usuários e postadas nas redes sociais mostram a destruição causada em uma área do terminal de embarque do aeroporto, onde é possível ver dezenas de painéis caídos e vidros quebrados, em uma área que já foi controlada pelas forças de segurança.

O aeroporto de Zaventem fica cerca de 11 quilômetros ao nordeste de Bruxelas.

O governo belga elevou ao máximo o nível de alerta em todo o país, quatro dias depois da detenção de Salah Abdeslam em Bruxelas, o jihadista que é apontado como responsável pela logística dos atentados de 13 de novembro em Paris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos