Edifícios de instituições europeias em Bruxelas são evacuados

Bruxelas, 22 mar (EFE).- Alguns dos edifícios das instituições da União Europeia próximos à estação de metrô de Malbeek - onde nesta terça-feira aconteceu um dos atentados terroristas que mataram 34 pessoas em Bruxelas - começaram a ser evacuados no começo da tarde.

Tanto o edifício Berlaymont, sede da Comissão Europeia, como a sede do Conselho Europeu e seu anexo, o edifício Lex, a poucos metros da estação de Malbeek, começaram a ser esvaziados "por motivos preventivos", disseram à Agência Efe fontes da polícia.

Os edifícios ficam no perímetro que a polícia isolou após o atentado em Malbeek.

O Conselho da UE divulgou uma mensagem por sistema de som pedindo a seus funcionários e pessoas que estivessem em sua sede a deixá-la. Também foi evacuada a sede da Comissão Europeia para comprovar "que tudo está em ordem", disse à Agência Efe um policial.

Alguns estabelecimentos comerciais da região fecharam por medida de precaução.

O Parlamento Europeu, que fica afastado do cordão policial, não foi evacuado, mas seus funcionários foram solicitados a sair.

"Todas as instituições europeias estão em alerta em nível laranja. Todas as reuniões (dentro dos edifícios) e fora foram canceladas. Só têm acesso as pessoas com credenciamento", disse a vice-presidente europeia para Orçamento, Kristalina Georgieva.

Georgieva se disse "muito entristecida pela trágica perda de vidas hoje em Bruxelas" e que seus pensamentos e orações estão com as vítimas e pessoas próximas a elas.

Pelo menos 34 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas nos atentados de hoje no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, e na estação de metrô de Maalbeek, no centro da capital belga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos