OSCE condena de forma enérgica os "atrozes" atentados de Bruxelas

Viena, 22 mar (EFE).- O presidente da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, condenou de forma enérgica os "atrozes" atentados ocorridos nesta terça-feira em Bruxelas, e expressou sua solidariedade às famílias e ao governo da Bélgica.

"Esses ataques atrozes foram dirigidos contra o coração da Europa. De forma traiçoeira, os terroristas tiveram como objetivo pessoas indefesas", afirmou Steinmeier em comunicado da OSCE.

"Nessas horas de dor, Europa mostra sua solidariedade e se une. A Bélgica não está só, todos estamos unidos. Nossos amigos belgas podem contar com o firme apoio da Alemanha e da OSCE", acrescentou o ministro das Relações Exteriores alemão.

O secretário-geral da OSCE, o italiano Lamberto Zannier, declarou que agora é o momento de mostrar unidade contra o terrorismo e pediu também a prevenção contra a radicalização e o extremismo.

"A luta contra a radicalização, o extremismo violento e o terrorismo tem que ser prioridade para todos nós. A ameaça representada pelo terrorismo internacional chegou agora a uma nova dimensão, que afeta todos os países-membros da OSCE", indicou.

"Só seremos capazes de derrotá-lo através de uma intensa cooperação e diálogo, abordando não só os aspectos de segurança imediatas, mas também as causas profundas do extremismo violento e a radicalização que levam ao terrorismo", alertou Zannier.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos