Trens alta velocidade interrompem circulação após atentados em Bruxelas

Paris, 22 mar (EFE).- A rede europeia de trens de alta velocidade Thalys anunciou nesta terça-feira que interrompeu completamente seus trajetos após a série de atentados que causaram a morte de pelo menos 20 pessoas em Bruxelas, na Bélgica.

O grupo, que opera conexões entre Paris e Bruxelas, Colônia (Alemanha) e Amsterdã, informou em sua página que a circulação de seus trens foi interrompida "totalmente", e recomendou a seus clientes que adiem suas viagens.

A companhia acrescentou que, independentemente das condições das passagens para os trajetos já reservados para hoje e amanhã, todos os usuários poderão trocá-las ou pedir reembolso sem despesas suplementares.

A decisão foi tomada depois que pelo menos 13 pessoas morreram e 35 ficaram feridas após duas explosões no aeroporto internacional de Zaventem, em Bruxelas, e um número indeterminado de pessoas morreu em outra explosão em uma estação de metrô do centro da capital belga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos