Hillary Clinton vence primária democrata do Arizona

Washington, 22 mar (EFE).- A ex-secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, se impôs nesta terça-feira nas eleições primárias do Partido Democrata no estado do Arizona e superou o senador Bernie Sanders, que tinha realizado uma intensa campanha para vencer nesse estado, segundo as projeções dos principais veículos de imprensa americanos.

Assim, Hillary obteve uma vitória significativa no Arizona, onde 75 delegados estavam em jogo para a escolha do candidato democrata à presidência dos EUA.

Após ficar com a maioria dos delegados do Arizona, a pré-candidata democrata segue demonstrando força nos estados do sul do país, nos quais parte com vantagem devido à numerosa população hispânica que a está apoiando durante esta campanha.

O senador independente por Vermont não conseguiu seu desejado triunfo no Arizona, onde desenvolveu uma intensa campanha para convencer os latinos mais jovens em um estado com maioria eleitoral branca, algo que, a priori, poderia lhe ser mais favorável do que a sua oponente.

Esta é a primeira e mais importante vitória da noite para Hillary, na qual ainda serão definidos os 23 delegados do caucus (assembleias populares) de Idaho e os 33 delegados do estado de Utah, onde, assim como no Arizona, os eleitores formaram longas filas para votar.

Por enquanto, Hillary tem 1.163 delegados obtidos em voto popular dos 2.383 necessários para conseguir a indicação na Convenção Nacional do Partido Democrata em julho, enquanto Sanders tem 844 delegados.

A campanha presidencial de hoje acabou eclipsada pelos atentados terroristas do Estado Islâmico em Bruxelas, na Bélgica, que deixaram pelo menos 34 mortos e mais de 200 feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos