Vice-presidente da CE diz que extremistas não falam por uma religião inteira

Bruxelas, 23 mar (EFE).- A vice-presidente da Comissão Europeia, Kristalina Georgieva, disse nesta quarta-feira que os extremistas religiosos que cometeram os atentados de ontem em Bruxelas, que deixaram 31 mortos e mais de 200 feridos, não falam por toda uma religião.

"Há muito trabalho por fazer, mas não significa que a vida pare. Viveremos, amaremos, trabalharemos, nos divertiremos e continuaremos sendo abertos e tolerantes. Entendendo que os extremistas religiosos não falam por uma religião inteira e que muitos dos que buscam refúgio na Europa escapam dos mesmos extremistas que nos feriram ontem em Bruxelas", disse ela em entrevista coletiva.

"Estes são momentos de prova, de permanecer junto, de ter compaixão, contra o ódio e o extremismo, contra os que destruíram tantas vidas", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos