Ataque do EI com carro-bomba mata 3 policiais iraquianos em Ninawa

Mossul (Iraque), 1 abr (EFE).- Um ataque com carro-bomba nesta sexta-feira provocou a morte de três policiais iraquianos, além de deixar outros quatro feridos, na província de Ninawa, alvo de uma ofensiva do Exército do país que busca retomar o controle da região das mãos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

O diretor policial do distrito de Majmur, coronel Hani al Suryi, explicou à Agência Efe que o terrorista do EI tentou jogar o veículo contra uma delegacia, mas acabou sendo morto antes de conseguir chegar ao alvo.

Devido à intervenção dos agentes, o carro explodiu perto da primeira barreira de segurança, provocando a morte dos três policiais e deixando outros quatro feridos, alguns deles em estado grave, que foram levados a hospitais de Erbil, capital da região autônoma do Curdistão iraquiano.

Por outro lado, pelo menos 27 membros do EI foram mortos, entre eles dois suicidas, em um confronto com o Exército do Iraque durante a madrugada em uma aldeia ao sudeste do distrito de Al Qayara, que fica 55 quilômetros ao sul de Mossul, capital de Ninawa.

O porta-voz do Comando de Operações para a Libertação de Ninawa, coronel Faras Sabry, disse à Agência Efe que as forças do país e da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos bombardearam os terroristas que fugiram após o ataque frustrado.

A ofensiva para libertar Ninawa teve início no último dia 24 e tem como objetivo final recuperar o controle de Mossul, que se transformou no principal reduto do EI no Iraque. Além do suporte aéreo da coalizão internacional, as tropas governamentais contam com o apoio da milícia local sunita Multidão dos Clãs.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos