Imprensa britânica brinca com "Brexit" em dia da Mentira

Londres, 1 abr (EFE).- A possível saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o "Brexit", centrou grande parte das tradicionais brincadeiras que a imprensa britânica publicou nesta sexta-feira, April Fools Day (Dia da Mentira).

O jornal "Guardian" publicou em seu site a falsa "exclusiva" de que a família real britânica planeja defender publicamente a permanência na UE, campanha que seria liderada pelo príncipe Phillip, marido da rainha Elizabeth II, de 94 anos.

A notícia aproveitou a polêmica que o tabloide "Sun" criou este mês ao afirmar que a soberana britânica, habitualmente neutra em temas políticos, defendeu em privado a ruptura com a UE, matéria que provocou uma queixa formal do palácio de Buckingham.

O "Independent" também brincou com o referendo de próximo 23 de junho sobre a UE, ao garantir que os governos da Escócia e de Gales iniciaram conversas para abandonar o Reino Unido e formar juntos um novo país caso a Inglaterra decida sair da UE.

O "Independent" disse que revelava hoje esses planos após ter recebido documentos vazados por um membro do Executivo, assinalou no começo da manhã o jornal, que ao meio-dia revelou aos seus leitores que se tratava de um texto humorístico.

No "Telegraph", os planos de membros franceses e alemães da Uefa para vetar a Inglaterra no caso do "brexit" alarmou os fãs da seleção de futebol inglesa, ao publicar que a equipe ficaria fora da Eurocopa se a opção de abandonar a União Europeia ganhasse o referendo de junho.

O tabloide "Daily Express" escandalizou seus leitores ao afirmar que os "chefes da UE" exigem que o Reino Unido incorpore as estrelas da bandeira comunitária à britânica Union Jack.

O jornal incorporou à notícia uma imagem da suposta nova bandeira que os "burocratas" comunitários teriam desenhado para o Reino Unido.

Um dos protagonistas da campanha para o referendo sobre a permanência na UE, o eurofóbo Nigel Farage, líder do Partido pela Independência do Reino Unido (UKIP), também fez graça, ao garantir no Twitter que decidiu defender a permanência no grupo comunitário. EFE

gx/cd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos