Ataques e combates no oeste do Iraque matam 50 jihadistas e 4 soldados

Bagdá, 2 abr (EFE).- Pelo menos 50 membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e quatro soldados iraquianos morreram neste sábado em ataques aéreos, enfrentamentos e atentados na província de Al-Anbar informou à Agência Efe uma fonte de segurança, que não quis se identificar.

De acordo com essa pessoa, 35 jihadistas morreram em um ataque da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos contra posições do EI nas zonas de Al-Bubali, Albushihab e Albushayal, ao leste de Ramadi, capital de Al-Anbar. Conforme explicou, as forças iraquianas recuperaram o controle da de Al Maamel, no leste da cidade de Hit, após combates com os terroristas nos quais 15 extremistas morreram. Nos mesmos enfrentamentos três membros das forças iraquianas morreram e outros quatro ficaram feridos.

Segundo a fonte, as Forças Armadas iraquianas avançam lentamente em direção a Hit devido à grande quantidade de minas e artefatos explosivos escondidos pelos terroristas para dificultar a entrada do Exército. Ainda conforme a fonte, um soldado iraquiano morreu e outros seis ficaram feridos na explosão de uma bomba em Al Sejaria, ao leste de Ramadi.

Al-Anbar esteve parcialmente dominada pelo EI desde janeiro de 2014. O grupo perdeu em dezembro do ano passado a capital provincial, Ramadi, mas ainda mantém em suas mãos a cidade de Faluja, a segunda mais importante da região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos