Queda de projéteis deixa ao menos 17 mortos no norte da Síria

Beirute, 5 abr (EFE).- Pelo menos 17 pessoas morreram nas últimas horas pelo impacto de projéteis nas províncias de Aleppo e Deir ez Zor, no norte da Síria, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Entre as vítimas, pelo menos nove morreram hoje por bombas lançadas pela Frente al Nusra, grupo sírio ligado à Al Qaeda, e outras facções islâmicas contra o bairro de Al Sheikh Maqsud, na cidade de Aleppo, a capital provincial.

Nesse distrito, que é controlado pela principal milícia curdo-síria, as Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG, sigla em curdo), os confrontos entre os combatentes curdo-sírios e os grupos armados islâmicos foram retomados ao amanhecer.

Por outro lado, pelo menos sete civis morreram nas últimas 24 horas pelo disparo de foguetes por parte da organização terrorista Estado Islâmico (EI) contra duas áreas sob o controle do regime sírio na cidade de Deir ez Zor.

Os jihadistas lançaram projéteis contra os bairros de Al Yura e Al Qusur.

Além disso, aviões de guerra efetuaram três bombardeios contra a cidade de Al Bulin, dominada pelo EI e situada na província de Deir ez Zor, onde um jovem morreu nesta terça-feira.

A Síria sofre há cinco anos com um conflito interno que já deixou mais de 270 mil mortos, segundo o OSDH.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos