Advogado de Abdeslam é proibido de falar à imprensa sobre atentados de Paris

Bruxelas, 6 abr (EFE).- O advogado Sven Mary, do suposto cérebro dos atentados de 13 de novembro em Paris, Salah Abdeslam, está proibido de voltar a falar com a imprensa sobre esses ataques terroristas, informam nesta quarta-feira veículos da imprensa belga como "De Standaard" e "La Libre Belgique".

Os jornais detalham que há 12 dias Mary não está autorizado a falar com a imprensa sobre esses ataques sem consentimento prévio do presidente do Colégio de Advogados de Língua Holandesa de Bruxelas.

Esse órgão solicitou ao jurista que recuse qualquer pedido de entrevista e avisou que se Mary falar amanhã na câmara do Conselho de Bruxelas - que intervém na fase de instrução de casos penais na Bélgica - com a imprensa estará sujeito a sanções disciplinares.

Está previsto que essa instância judicial decida sobre o prolongamento do encarceramento de Abdeslam, que foi detido em março após quatro meses de fuga no distrito bruxelense de Molenbeek, e que se encontra na prisão de máxima segurança belga de Bruges à espera de ser extraditado à França.

No dia 25 de março, Mary apresentou uma denúncia contra o promotor de Paris François Molins por violar o segredo de instrução ao revelar declarações realizadas por seu cliente após sua detenção.

Molins explicou em entrevista coletiva que Abdeslam tinha dito aos investigadores belgas que estava presente nos ataques de Paris e que deveria se explodir no Stade de France, mas que "deu marcha à ré". De acordo com o advogado do suposto terrorista, essas declarações constituíam "uma violação dos direitos de seu cliente".

Os advogados de outros suspeitos envolvidos nos atentados de Paris - que deixaram 130 mortos -, como Mohammed Amri e Amza Attout, receberam as mesmas diretrizes de não falar com a imprensa pela presidência do Colégio de Advogados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos