Ataques no norte da Síria mata seis membros da Frente al Nusra

Beirute, 6 abr (EFE).- Pelo menos seis membros da Frente al Nusra, filial da Al Qaeda na Síria, morreram nas últimas horas em diferentes ataques na província de Idlib, no norte do país, afirmou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Cinco jihadistas perderam a vida na zona de Wadi Nesim e informações preliminares apontam que poderia ter sido por um bombardeio de um drone, disse a ONG.

Por outro lado, um dirigente militar da Frente al Nusra, identificado como Khaled al Hamed, conhecido como Abu Saqar, foi assassinado na estrada que une as populações de Harem e Salqin, em Idlib.

A ONG apontou que os autores do assassinato foi um grupo de ex-dirigentes rebeldes e de parentes de líderes de brigadas islâmicas, mas não explicou o motivo de sua ação.

Abu Saqar ficou conhecido há três anos por protagonizar um vídeo no qual extraía com uma faca o fígado e o coração do corpo de um soldado das forças governamentais, e depois aparecia levando o segundo órgão à boca com intenção de dar uma mordida.

Naquela época, Abu Saqar pertencia à Brigada Independente Omar al Farouk e operava no bairro de Baba Amre, um dos mais castigados pela violência da cidade central de Homs.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos