Banco russo citado no escândalo "Panama Papers" nega envolvimento

Moscou, 7 abr (EFE).- O presidente do banco estatal russo VTB, Andrei Kostin, tachou nesta quinta-feira de "mentira" a investigação conhecida como "Panama Papers" e negou que sua entidade tenha concedido créditos a Sergei Rolduguin, amigo pessoal do presidente russo, Vladimir Putin, citado no escândalo.

O banco cipriota RCB Bank, dependente do VTB, "nunca concedeu créditos a Rolduguin e nem a suas empresas", garantiou Kostin aos jornalistas.

"A investigação do chamado Consórcio de Jornalistas, realizado com a participação ativa dos serviços secretos estrangeiros, pouco tem a ver com o programa de luta contra as offshores. Com o exemplo dos bancos russos, posso dizer que tudo o que ali se diz é mentira", apontou.

O Kremlin também considera que a investigação é uma "falsificação orquestrada" pelos serviços de inteligência ocidentais contra Putin, apesar de apontar para políticos e celebridades de todo o mundo.

Moscou acredita que é suspeito o fato de que apesar de Putin nem sequer figura nos documentos divulgados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), a maioria de veículos de imprensa internacionais informou sobre a investigação "através de um prisma focado em Putin".

A investigação -baseada na filtragem de 11,5 milhões de documentos de quase quatro décadas do escritório panamenho Mossack Fonseca, especializado na gestão de capitais e patrimônios- envolve o violoncelista Sergei Rolduguin, amigo de Putin desde a adolescência e padrinho de uma das filhas do líder russo.

Segundo o ICIJ, este músico profissional criou várias sociedades em paraísos fiscais no Panamá para lavar cerca de US$ 2 bilhões com ajuda de importantes empresas estatais russas, entre elas o banco Rossia, a filial cipriota do banco "VTB" e o operador de telecomunicações "Rostelecom", entre outras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos