Oposição pede formulários ao poder eleitoral para revogação de Maduro

Caracas, 7 abr (EFE).- A aliança opositora venezuelana Mesa da Unidade Democrática (MUD) solicitou nesta quinta-feira ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) que entregue os formulários que darão início ao referendo revogatório, uma das medidas com as quais pretende antecipar o fim do governo de Nicolás Maduro, informou o secretário-executivo da coalizão, Jesús Torrealba.

O documento pretende "exigir ao CNE que entregue os formulários para o recolhimento das assinaturas do 1% que é o primeiro requisito, para depois obter o 20% de assinaturas necessário para ativar o referendo revogatório", disse Torrealba a jornalistas.

A lei do país caribenho indica que "transcorrida a metade do período para o qual foi eleito o funcionário ou funcionária, um número não menor de 20% dos eleitores ou eleitoras inscritos na correspondente circunscrição poderá solicitar a convocação de um referendo para revogar seu mandato".

No caso de Maduro, eleito em abril de 2013, o presidente completa três anos no poder este mês, justamente a metade de seu período presidencial.

A oposição venezuelana se propôs a pôr fim ao governo de Maduro antes do previsto em 2019 através de vários "mecanismos constitucionais" como a emenda constitucional, mas Maduro e outras autoridades governamentais advertiram que só a via do referendo revogatório não será considerada como um golpe de Estado.

No entanto, de acordo com Torrealba, o CNE está tentando adiar o processo.

"Eu quero denunciar (...) que há atores do governo nacional que estão em uma agenda obscura tentando empurrar o país rumo à violência", declarou.

Além disso, o porta-voz da MUD afirmou que membros da coalizão foram vítimas de "agressões por parte de um grupo muito pequeno, mas muito violento de partidários do governo" durante a entrega do documento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos