Sanders suaviza tom e diz considerar Hillary qualificada para ser presidente

Nova York, 8 abr (EFE).- O senador e pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos Bernie Sanders suavizou nesta sexta-feira o tom em relação à rival Hillary Clinton e afirmou que ela "certamente" é capacitada para ser presidente.

Em tom mais conciliador, Sanders falou em entrevista à emissora "NBC" sobre os comentários feitos nesta semana na Filadélfia (Pensilvânia), quando disse que Hillary, a favorita para a indicação democrata, não é "qualificada" para a Casa Branca.

O senador reconheceu que essas palavras foram uma reação aos ataques lançados através da imprensa pela campanha da rival após sua vitória nas primárias do estado de Wisconsin.

Questionado se vê Hillary qualificada para a presidência, Sanders respondeu que "certamente" e disse acreditar que ambos podem se afastar dos ataques e abordar os "assuntos reais".

"Conheço a Hillary Clinton há 25 anos e a respeito. Fomos colegas no Senado e, em seu pior dia, seria uma presidente infinitamente melhor do que qualquer um dos candidatos republicanos", comentou.

Sanders passou por vários programas de televisão nesta sexta-feira em Nova York, onde deve participar de dois atos de campanha hoje.

Ambos ocorrerão no Brooklyn, o primeiro próximo à casa em que o senador cresceu e o segundo em um parque do bairro de Greenpoint, o tradicional reduto polonês do distrito.

Enquanto isso, Hillary Clinton fará campanha em Buffalo e Rochester, outras cidades do estado de Nova York, que celebra suas primárias no dia 19.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos