Abrini e Krayem são acusados de atividades terroristas e homicídio

Bruxelas, 9 abr (EFE).- Os suspeitos detidos na Bélgica na sexta-feira Mohammed Abrini e Osama Krayem foram acusados neste sábado de participar de atividades de grupo terrorista e de homicídios terroristas, informou a procuradoria federal em comunicado.

A investigação relacionada aos atentados de Bruxelas, ocorridos em 22 de março, permitiu estabelecer que Krayem é o segundo homem presente no ataque na estação de metrô de Maelbeek e que comprou no centro da cidade as bolsas que foram utilizadas nos atentados.

O juiz responsável pelo caso também culpou de participação de atividades de grupo terrorista e de cumplicidade em homicídios terroristas Hervé B.M., detido junto a Krayem e a Bilal E.M., o sexto detido, enquanto deixou em liberdade outros dois detidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos