Papa abraça grupo de ex-prostitutas e transexuais no Vaticano

Cidade do Vaticano, 9 abr (EFE).- O papa Francisco deu neste sábado "um significativo abraço" em um grupo de 50 ex-prostitutas e transexuais procedentes de diversas partes do mundo no Vaticano, informou a Santa Sé.

O jornal vaticano "L'Osservatore Romano" explicou que o abraço aconteceu depois que o papa realizou a audiência extraordinária deste sábado, no marco do Ano Santo da Misericórdia, que termina no próximo dia 20 de novembro.

Estas pessoas, procedentes de dez países - embora o jornal não cite quais -, foram no passado vítimas da prostituição e do tráfico humano, e atualmente recebem assistência de uma associação solidária que opera na região de Reggio Emilia, no norte da Itália.

Além disso, o papa também cumprimentou na praça de São Pedro do Vaticano três presos que cumprem pena em Milão - dois em prisão perpétua e outro condenado a 15 anos -, e que há meses lhe tinham escrito uma carta e lhe tinham enviado 12.000 hóstias sagradas que eles mesmos tinham feito no presídio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos