Primeiro-ministro do Quirguistão renuncia por escândalo de corrupção

Moscou, 11 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Quirguistão, Temir SarIyev, apresentou nesta segunda-feira sua renúncia devido a um escândalo relacionado com a adjudicação do projeto de reparação de uma estrada.

"Levando em conta a mudança no clima político e a impossibilidade de trabalhar devido a este escândalo... e embora tinha pensado em continuar lutando até o final em interesse o Estado e do povo, decidi renunciar", anunciou em reunião extraordinária do governo, segundo veículos de imprensa russos.

"Vou evitar a desestabilização do país", acrescentou o primeiro-ministro, que assumiu o cargo em maio de 2015, e ressaltou que lutará para demonstrar sua inocência.

O escândalo explodiu quando uma companhia chinesa ganhou o concurso público para a reparação de uma estrada na região de Issik-Kul desta república centro-asiática.

Sariyev defendeu os bons resultados econômicos no ano passado, quando o país se integrou na União Econômica Eurasiática (UEE) liderada pela Rússia.

"Quirguistão obteve o maior crescimento do PIB entre os países da UEE apesar da crise econômica, realizamos eleições parlamentares limpas e transparentes e melhoramos o clima de investimentos", disse em seu discurso.

"Eu não tive nada a ver com esses assuntos e nem interferi. E por isso, após minha renúncia, pedirei uma investigação objetiva sobre todas as acusações que foram feitas contra mim. Trabalhei honradamente e com transparência", garantiu.

O Quirguistão é considerado o país mais democrático da Ásia Central e as eleições legislativas de outubro de 2015 foram aprovadas pelos observadores internacionais.

O Quirguistão tem minas de ouro, mas carece dos recursos energéticos das outras repúblicas centro-asiáticas, por isso que vive do comércio com a vizinha China e das remessas de seus emigrantes que trabalham principalmente na Rússia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos