Taiwan consegue repatriar 20 taiwaneses que seriam deportados à China

Taipé, 15 abr (EFE).- Um grupo de 20 taiwaneses suspeitos de fraude de telecomunicações na Malásia, que a China tentava transferir a Pequim, foi repatriado na noite desta sexta-feira a Taiwan, informou o Escritório de Investigação Criminal (OIC) da ilha.

Os taiwaneses, parte de um grupo de 52 cidadãos da ilha detidos na Malásia no final de março por suposta fraude de telecomunicações, chegaram ao Aeroporto Internacional de Taoyuan, após negociações da diplomacia de Taiwan e das autoridades da Malásia.

O Escritório de Investigação Criminal disse, em comunicado de imprensa, que após conversas com a procuradoria de Taichung, cidade de residência da maioria dos suspeitos, se decidiu libertá-los por "falta de provas sólidas sobre sua participação em atividades delitivas ".

A OIC afirmou que pedirá às autoridades policiais e judiciais da China que proporcionem informação sobre as supostas atividades ilegais dos suspeitos taiwaneses para realizar uma investigação e iniciar, se for procedente, procedimentos judiciais.

A repatriação destes suspeitos aconteceu dois dias depois que o Quênia enviou 45 suspeitos taiwaneses à China, encapuzados e algemados, para serem julgados por fraude de telecomunicações.

Taiwan qualificou a deportação desses 45 taiwaneses à China como um "sequestro extrajudicial" e uma "violação dos direitos fundamentais básicos", já que foram obrigados a entrar em um avião chinês sob a mira de pistolas.

A China justificou a deportação porque as vítimas das fraudes são chinesas e, em Taiwan, em casos anteriores, considera que não se castigou suficientemente os delinquentes.

A diplomacia taiwanesa espera que os outros 32 suspeitos taiwaneses detidos na Malásia sejam também deportados a Taiwan e não à China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos