Turquia não permite passagem de deslocados que fogem do EI na Síria, diz ONG

Istambul, 15 abr (EFE).- As autoridades turcas mantêm a fronteira com a Síria fechada e as patrulhas inclusive disparam contra os deslocados sírios que se aproximam da cerca fugindo das milícias do Estado Islâmico (EI), denunciou nesta sexta-feira a organização internacional Human Rights Watch (HRW).

"A Turquia deveria deixar de disparar contra os civis sírios que fogem dos combates e permitir imediatamente atravessar a fronteira", exige a ONG em comunicado emitido esta madrugada.

Nos últimos dois dias, pelo menos 30 mil civis fugiram de suas casas ou dos acampamentos de deslocados ao norte de Aleppo, por causa dos renovados combates entre as milícias do Estado Islâmico e outros grupos armados da zona.

Segundo os testemunhos de sírios e voluntários residentes na zona, os avanços jihadistas na quarta-feira e quinta-feira motivaram a fuga da metade das 60 mil pessoas que vivem em dez acampamentos ao leste da cidade de Azaz, afirma a "HRW".

Três acampamentos, Ikdah, Haramein e Sham, que abrigavam cerca de 24 mil pessoas, esvaziaram completamente e seus residentes buscam refúgio perto da fronteira turca.

Um residente do acampamento de Ikdah relatou à HRW que na quinta-feira os milicianos do EI falaram com megafone para os residentes evacuarem o local e a mudar para zonas sob domínio da milícia, mas que a maioria preferiu fugir para a fronteira turca, onde foram recebidos com disparos pelos guardas turcos.

A organização lembra que a lei internacional obriga a abrir as fronteiras a todo refugiado cuja vida corre perigo.

Os avanços do EI mostram que não existe uma "zona segura" no norte da Síria, ao longo da fronteira turca, como assegura o governo de Ancara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos