Vice-presidente do Equador viaja para região mais atingida por terremoto

Quito, 17 abr (EFE).- O vice-presidente do Equador, Jorge Glas, viajou neste domingo para Manabí, região mais afetada pelo terremoto de magnitude 7,8 graus na escala Ritcher que sacudiu o país ontem, para avaliar a situação e coordenar o auxílio à população.

O último balanço provisório indica que 77 pessoas morreram e outras 588 ficaram feridas. O tremor ocorreu por volta das 19h (20h em Brasília), com epicentro entre os balneários de Cojimés e Pedernales, na província de Manabí.

De acordo com o vice-presidente do país, a situação é particularmente complexa em Pedernales, onde as equipes de resgate têm tido dificuldades para chegar.

O governo do Equador enviou 10 mil soldados e 3,5 mil policiais às regiões afetadas, enquanto o presidente, Rafael Correa, que estava em visita ao Vaticano, antecipou a volta ao país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos