Hamas envia militares para fronteira de Faixa de Gaza com Egito

Gaza, 21 abr (EFE).- O movimento islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza, enviou nesta quinta-feira reforços para vigiar sua fronteira com o Egito com o objetivo de mostrar que mantém a segurança na região e tentar diminuir a tensão com os egípcios.

O porta-voz do Ministério do Interior em Gaza, Eyad al-Bozom, afirmou em comunicado que tinha aumentado o número de tropas ao longo da divisa de 300 para 500 soldados, para um melhor controle da segurança. Segundo ele, o número de pontos de segurança nesse trecho passou para 60.

Al-Bozom informou que grandes zonas divisórias à demarcação entre ambos os territórios tinham sido niveladas para garantir um melhor controle da área de fronteira com o Egito, e que a medida era uma mensagem aos egípcios de que as fronteiras estão sob uma correta supervisão.

No comunicado, o porta-voz ressaltou que os palestinos se preocupam com a segurança nacional de seu vizinho árabe e que Gaza nunca será uma fonte de ameaças à estabilidade do Egito. As relações entre Egito e Hamas, movimento que emanou da Irmandade Muçulmana no final dos anos 80, se deterioraram por causa da derrocada do ex-presidente egípcio Mohammed Mursi, líder desse grupo, em junho de 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos