México resgata 49 migrantes sequestrados perto da fronteira com os EUA

Na Cidade do México

Integrantes da marinha mexicana resgataram 49 migrantes provenientes da América Central que eram mantidos sob custódia em uma residência na cidade de Reynosa, no Estado de Tamaulipas, no nordeste do México, perto da fronteira com os Estados Unidos, informou nesta quinta-feira (21) o Grupo de Coordenação do Estado.

Em comunicado, a instituição informou que efetivos da marinha localizaram ontem, graças a uma denúncia, o domicílio em Reynosa, a cerca de oito quilômetros da Ponte Internacional McAllen-Hidalgo-Reynosa que liga o México com os Estados Unidos.

O grupo de migrantes libertados é formado por 26 salvadorenhos, 17 guatemaltecos e seis hondurenhos. Entre eles havia três menores de idade originais de El Salvador. Além disso, o comunicado não especificou o período em que eles ficaram presos nessa casa.

O relatório menciona que os migrantes identificaram seus supostos sequestradores, Vicente Nicolás Salvador Raymundo e Miguel Rey Mundo Francisco, ambos de nacionalidade guatemalteca, que foram colocados à disposição do Ministério Público do México para o prosseguimento das investigações correspondentes.

Os migrantes receberam atendimento necessário para proteger sua integridade e depois foram colocados à disposição do Instituto Nacional de Migração (INM) do México, para que possam receber assistência consular e retornar a seus países de origem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos