Incêndio em navio petroleiro russo no Mar Cáspio deixa pelo menos 1 morto

Moscou, 23 abr (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu neste sábado em um incêndio declarado no petroleiro russo "PALFLOT 2" em águas do mar Cáspio, informou o Ministério da Rússia para Situações de Emergência.

"Havia 11 pessoas a bordo do petroleiro. Um dos tripulantes, um mecânico, morreu no incêndio, enquanto os dez restantes foram resgatados por outro navio", disse um porta-voz desta pasta citado pela agência "Interfax".

Segundo o porta-voz, por acordo com os proprietários do petroleiro, que não transportava cru, não serão adotadas medidas para sufocar o incêndio.

"Deixaremos que petroleiro termine de arder, já que não há necessidade de intervenção dos serviços de emergência", disse o porta-voz.

O incêndio começou durante a manhã, quando o "PALFLOT 2" estava em águas territoriais do Turcomenistão, antiga república soviética em Ásia Central, informaram as autoridades do Azerbaijão, outro dos país ribeirinhos do Cáspio.

O petroleiro acidentado, com uma capacidade de carga de 2.015 toneladas, foi construído na Bulgária em 1981.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos